(11) 3082 9786 – Praça N. Sra. do Brasil, s/nº, Jardim América – São Paulo, SP

Artigos › 31/08/2018

Papa recebe participantes do Capítulo Geral dos Josefinos

O Papa encorajou os Padres Capitulares Josefinos a viver e a trabalhar na Igreja e no mundo com as virtudes de São José: humildade, intimidade com o Senhor, silêncio e escondimento, zelo apostólico.

Manoel Tavares – Cidade do Vaticano

O Santo Padre recebeu, na manhã desta sexta-feira na Sala do Consistório, no Vaticano, 50 participantes no Capítulo Geral da Congregação dos Oblatos de São José de Asti, conhecidos como Josefinos.

O Papa iniciou seu discurso aos Padres Capitulares dirigindo uma saudação especial ao novo Superior Geral, Padre Jan Pelczarski, e aos seus Conselheiros, aos quais fez suas felicitações pela nova missão:

“A missão transmitida a vocês pelo fundador, São José Marello, expressa seu carisma peculiar de reproduzir, na vida e no apostolado, o ideal de serviço como o fez São José em Nazaré, partindo da imitação do seu estilo de vida discreto, humilde e trabalhador”.
São José, disse ainda o Papa, viveu na verdade e na simplicidade a sua vocação de custódio de Maria e de Jesus. Ele esteva ao lado da sua esposa nos momentos alegres e difíceis, estabelecendo, com ela, uma maravilhosa familiaridade com Jesus.

Enriquecidos pela simplicidade operosa de São José, os Padres Josefinos são chamados a serem testemunhas no mundo de uma mensagem especial e de uma boa notícia confortadora: Deus se serve de todos, de modo particular, dos mais pequeninos, humanamente desprovidos, para implantar e fazer crescer o seu Reino. E o Francisco os exortou:

“Que a perspectiva de servir a Jesus na Igreja e em nossos irmãos e irmãs, com particular atenção aos jovens e mais humildes, possa sempre influenciar a sua vida e a sua alegria. O Senhor se serve de vocês para o bem das almas. Por isso, encorajo-os a continuar a viver e a trabalhar na Igreja e no mundo com as virtudes simples e essenciais do Esposo da Virgem Maria: humildade, intimidade com o Senhor, silêncio e escondimento, além do zelo e obra em cumprir a vontade do Senhor, no espírito e na feliz síntese do lema deixado por São José Marello: “Cartuxos em casa e Apóstolos fora de casa”.”
Este ensinamento do seu Fundador, sempre vivo em seu espírito, afirmou Francisco, os leva a manter em suas Casas religiosas um clima de recolhimento e oração, fomentado pelo silêncio e por oportunos encontros comunitários.

O Santo Padre concluiu seu discurso aos Padres Capitulares Josefinos, com a exortação que São José Marello fazia a seus filhos espirituais: colocar em primeiro lugar o amor e a obediência aos ensinamentos e diretrizes do Sumo Pontífice de Santa Igreja.

Por fim, o Papa deixou aos Josefinos a seguinte mensagem:

“O melhor meio para construir um futuro sólido é a alegria de falar aos jovens sobre Jesus Cristo, lendo com eles o Evangelho e confrontá-lo com a vida!”

Francisco despediu-se dos Padres Capitulares invocando a intercessão de São José, Padroeiro da Igreja universal, e do seu santo Fundador, José Marello, para que torne fecundo os trabalhos deste XVII Capítulo Geral e sustente a missão da Família Josefina no mundo.

 

via https://www.vaticannews.va/pt.html