(11) 3082 9786 – Praça N. Sra. do Brasil, s/nº, Jardim América – São Paulo, SP

Destaques, Notícias › 07/03/2019

Papa encontra clero de Roma: pedir perdão aos irmãos, com coragem e humildade, diz Dom Angelo

A liturgia penitencial com o Papa Francisco aconteceu na manhã desta quinta-feira (7), em celebração reservada com o clero, na Basílica de São João de Latrão. Na meditação de Dom Angelo de Donatis, o pedido para que o encontro não fosse uma “operação de maquiagem”, mas uma tomada de consciência pelo perdão de uns com os outros.


Andressa Collet – Cidade do Vaticano

O Papa Francisco encontrou o clero da diocese de Roma nesta quinta-feira (7), na Basílica de São João de Latrão. A liturgia penitencial com o Pontífice é uma celebração já tradicional de início de Quaresma e acontece sempre um dia após a Quarta-feira de Cinzas.

O Cardeal vigário, Dom Angelo de Donatis, fez uma meditação inicial. Em seguida os sacerdotes puderam se confessar, inclusive com o Papa Francisco, que foi quem concluiu a celebração. Ao final, o Pontífice ofereceu um subsídio para as segundas leituras do Ofício das Leituras de Quaresma.

 

A meditação de Dom Angelo

Segundo um comunicado da Diocese de Roma, Dom Angelo aconselhou diáconos, presbíteros e bispos a aproveitar o tempo litúrgico que vivemos para “serem ministros de reconciliação, embaixadores e diáconos do perdão de Deus”. O cardeal enfatizou que é preciso dizer em voz alta nas comunidades: “’suplicamos, em nome de Cristo: reconciliem-se com Deus’, convidando a pedir perdão, com humildade, a Deus e aos irmãos, do mal praticado”.

O que também é importante, lembrou Dom Angelo, é pedir perdão uns aos outros com coragem e não fazer da liturgia penitencial com o Papa Francisco “uma ‘operação de maquiagem’, um retoque no rosto aparentemente ‘decente’”, mas escavar em profundidade e com vergonha no rosto diante de Deus e dos irmãos presbíteros com os quais se possa ter “contas para ajustar”, seja ela uma conta de misericórdia para dar ou para receber. “O Senhor recompensará esse gesto com o prêmio de uma alegria sem igual”, acrescentou o cardeal.

Dom Angelo, então, apresentou três trechos da Sagrada Escritura (Êxodo 16, 2-12; Êxodo 32, 1-14; Números 13-14) para se fazer um exame de consciência e sobre os quais foi elaborado um material útil aos exercícios espirituais das paróquias de Roma.

Via Vatican News