(11) 3082 9786 – Praça N. Sra. do Brasil, s/nº, Jardim América – São Paulo, SP

Notícias da paróquia › 07/12/2016

Saiba como foi a visita do Grupo de Jovens à Aparecida e Canção Nova

grupo-jovens1No último final de semana de Novembro, dias 26 e 27, ocorreu o segundo retiro organizado pelo Grupo de Jovens Divino Coração da Paróquia Nossa Senhora do Brasil.

Após um mês e meio de preparo, uma equipe de 9 jovens coordenou a viagem de outros quarenta e um, com destino à Aparecida e também ao Sítio da Canção Nova.

A viagem começou no sábado com uma Missa, celebrada pelo querido Padre Vandro, e contou com confissões aos jovens e uma benção de envio.

Durante o trajeto de ida, entre São Paulo e Aparecida, os jovens tiveram um momento para se aprofundar nos mistérios da vida de Jesus por meio do Santo Terço, como diria o Santo Padre Pio, “a arma” dos cristãos. As reflexões dos mistérios basearam-se na sucinta, porém magnífica obra de São Josemaria Escrivá, o Santo Rosário.

Chegando ao maior Santuário Mariano do Mundo, os jovens visitaram o cinema e o museu de cera, conhecendo melhor a história da aparição de Nossa Senhora, de Aparecida e também dos Missionários Redentoristas, responsáveis até hoje pela administração da Basílica.
Depois, seguiram divididos em grupos para os seguintes pontos da Basílica:

 – Capela das Velas: tiveram um momento para acender uma vela por um ente querido ou alguma outra intenção pessoal. Houve também uma meditação sobre a necessidade de renovar a juventude cristã, relembrando as promessas do batismo na perspectiva de sermos sal da terra e luz do mundo.

grupo-jovens2 Capela de São José: aqui, a meditação embasou-se em uma homilia de São Josemaria Escrivá sobre o Patrono da Santa Igreja. Foi o momento de entregar as dificuldades do dia a dia, o trabalho e as famílias nas mãos do Glorioso Patriarca São José, Maria e Jesus.

Sala dos Milagres (ou das Promessas): houve neste ponto uma grande oportunidade de vivenciar um pouco da fé que move milhares de brasileiros e entregar tudo o que possuem de mais importante nas mãos da Mãe de Deus, o Refúgio dos pecadores, o Auxílio dos cristãos. Também foi o momento de os jovens pedirem a esta amável Mãe sua intercessão para guiar suas vidas rumo a Jesus Cristo.

Imagem de Nossa Senhora Aparecida: a entrega plena nas mãos de Maria se deu diante de sua imagem milagrosa, encontrada há 299 anos nas águas do Rio Paraíba. Como Deus escolheu vir ao mundo por meio dela, eles puderam usar este caminho preparado com muito carinho por nosso Pai para renovar seus propósitos.

Durante o restante da tarde, ainda houve tempo para transitar pela nave principal da Basílica de modo a melhor conhecê-la, além de visitar a Basílica antiga.

Depois deste longo dia, o fechamento não poderia ter sido melhor que a adoração ao Santíssimo na capela da Pousada do Bom Jesus. Esta pousada é também o local que o Santo Papa se hospeda quando visita a cidade de Aparecida.

Após inúmeras delicadezas de nossa Mãe durante o dia maravilhoso, o cansaço não grupo-jovens3abateu estes jovens determinados a amar mais a Cristo pelas mãos de Nossa Senhora. A adoração foi um grande sucesso entre os jovens: estava programada para cerca de vinte minutos e teve uma hora de duração.

No domingo pela manhã, houve mais tempo para conhecer melhor e agradecer o privilégio de estar nesta bela pousada. Em seus jardins, os jovens meditaram sobre a parábola dos talentos do Evangelho de São Mateus (Mt 25, 14-30). Houve um momento de oração pessoal (“deserto”), seguido de uma rica e motivadora partilha sobre as reflexões de cada um para melhor usarmos os dons que de graça recebemos de Nosso Senhor.

A tarde do dia do Senhor foi dedicada a conhecer o sítio da Canção Nova em Cachoeira Paulista, guiada por uma missionária do movimento, ex-paroquiana da Nossa Senhora do Brasil. No local, houve novo momento de adoração ao Santíssimo em uma capela dedicada ao Mesmo, seguida pelo terço na Capela de Nossa Senhora de Schoenstatt. Para fechar o encontro, os jovens assistiram a Santa Missa no Santuário da Canção Nova e puderam orar em uma capela com uma relíquia de São João Paulo II.

Por Simone (paroquiana e integrante do Grupo de Jovens Divino Coração)