(11) 3082 9786 – Praça N. Sra. do Brasil, s/nº, Jardim América – São Paulo, SP

Jamais é vã a prece que brota da caridade e que se apoia na intercessão de Maria

Jamais é vã a prece que brota da caridade e que se apoia na intercessão de Maria

Por São Pio X
23/09/2015

Com que furor, com que assanhamento se ataca, em nossos dias, Jesus Cristo e a religião por Ele fundada! Que perigo, pois, atual e ameaçador, de muitos se deixarem levar pelas correntes invasoras do erro e perderem a fé!

“Assim, pois, aquele que julga estar de pé, tome cuidado para não cair!” (1 Cor 10, 12). Que todos, portanto, com o patrocínio de Maria, dirijam a Deus humildes e ferventes preces, a fim de que Ele reconduza ao caminho da verdade os que tiveram a desdita de se transviarem das suas veredas. Sabemos por experiência jamais ter sido vã a prece que brotasse da caridade e que se apoiasse na intercessão de Maria.

Não resta dúvida, os ataques desferidos contra a Igreja jamais se darão tréguas, “é preciso que haja até mesmo cisões entre vós a fim de que se tornem manifestos entre vós aqueles que são comprovados”. (1 Cor 11, 19).

Mas a Virgem não deixará, por sua vez, de nos dar alento em nossas provações, por mais duras que forem, e de levar avante a luta que começou desde sua conceição, de maneira que diariamente podemos repetir estas palavras: “Hoje ela esmagou a cabeça da antiga serpente” (Off. Imm. Conc. in II Vesp., ad Magnificat, §19).