(11) 3082 9786 – Praça N. Sra. do Brasil, s/nº, Jardim América – São Paulo, SP

Evangelho do dia › 21/10/2017

Sábado da 28ª Semana do Tempo Comum

1ª Leitura – Rm 4,13.16-18

Contra toda a humana esperança, ele firmou-se na esperança. 

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 4,13.16-18

Irmãos: 
13 Não foi por causa da Lei, 
mas por causa da justiça que vem da fé, 
que Deus prometeu o mundo como herança a Abraóo 
ou à sua descendência. 
16 É em virtude da fé que alguém se torna herdeiro. 
Logo, a condiçóo de herdeiro é uma graça, um dom gratuito, 
e a promessa de Deus continua valendo 
para toda a descendência de Abraóo, 
tanto para a descendência que se apega à Lei, 
quanto para a que se apóia somente na fé de Abraóo, 
que é o pai de todos nós. 
17 Pois está escrito: ‘Eu fiz de ti pai de muitos povos’. 
Ele é pai diante de Deus, 
porque creu em Deus 
que vivifica os mortos 
e faz existir o que antes nóo existia. 
18 Contra toda a humana esperança, 
ele firmou-se na esperança e na fé. 
Assim, tornou-se pai de muitos povos, 
conforme lhe fora dito: 
‘Assim será a tua posteridade’. 
Palavra do Senhor. 

Salmo – Sl 104,6-7. 8-9. 42-43 (R. 8a)

R. O Senhor se lembra sempre da Aliança. 
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia 

6 Descendentes de Abraão, seu servidor, * 
e filhos de Jacó, seu escolhido, 
7 ele mesmo, o Senhor, é nosso Deus, * 
vigoram suas leis em toda a terra. R.

8 Ele sempre se recorda da Aliança, * 
promulgada a incontáveis geraçðes; 
9 da Aliança que ele fez com Abraóo, * 
e do seu santo juramento a Isaac. R.

42 Ele lembrou-se de seu santo juramento, * 
que fizera a Abraóo, seu servidor. 
43 Fez sair com grande júbilo o seu povo, * 
e seus eleitos, entre gritos de alegria. R. 

Evangelho – Lc 12,8-12

Nessa hora o Espírito Santo vos ensinará o que deveis dizer.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 12,8-12 

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 
8 Todo aquele que der testemunho de mim diante dos homens, 
o Filho do Homem também dará testemunho dele 
diante dos anjos de Deus. 
9 Mas aquele que me renegar diante dos homens, 
será negado diante dos anjos de Deus. 
10 Todo aquele que disser alguma coisa 
contra o Filho do Homem 
será perdoado. 
Mas quem blasfemar contra o Espírito Santo 
não será perdoado. 
11 Quando vos conduzirem diante das sinagogas, 
magistrados e autoridades, 
não fiqueis preocupados como ou com que vos defendereis, 
ou com o que direis. 
12 Pois nessa hora o Espírito Santo vos ensinará 
o que deveis dizer.’ 
Palavra da Salvação. 

Reflexão – Lc 12, 8-12

Durante o trabalho evangelizador, sempre somos assistidos pelo Espírito Santo. Somente com a sua ação é que podemos ser verdadeiras testemunhas de Jesus e o nosso trabalho pode produzir frutos que permanecem para a vida eterna. O Espírito Santo nos dá coragem e sabedoria para que possamos testemunhar Jesus e permanecer fiéis a ele até mesmo nos momentos mais difíceis. A história da Igreja está repleta de exemplos de santos e santas que, no momento do martírio, foram fiéis ao Espírito Santo e, além do derramamento de sangue, nos deixaram belas páginas sobre o amor a Deus.

Fonte: CNBB 

Versão para Imprimir